sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Os 70 vivem nas asas do pássaro


Novo álbum do Conte-me uma Mentira usa e abusa, na medida da certa, de guitarra, teclado e influências setentistas roqueiras



O que dizem pelos becos da internet, nas esquinas das rádios e nas vias expressas dos revivals, é que os anos 90 estão de volta, seja nas bandas que ainda existem ou voltaram a existir, seja nas influências despejadas no indie e garage rock de hoje.

Deveras, pois, mesmo uma década sendo mais influente em outra, no caso de agora os anos 90, sempre haverá espaço para influências e bandas dos anos 2000, 80, 70...  e é aqui que chega no ponto desejado do texto: os anos 70.

Todo esse lenga-lenga – dois parágrafos de blá-blá-blá – pra falar como o Conte-me uma Mentira, no novo álbum A Viagem do Pássaro (foto) conseguiu juntar todas as características positivas do rock dos anos 70 (guitarras, teclados psicodélicos...), mesclado com o barulho dos anos 90, no mais fiel estilo Fugazi de guitarra, baixo e vocal.

O CD começa bacana já pela arte e faca do encarte. São 13 faixas bem viscerais, fazendo um rock estiloso e barulhento do início ao fim. Recomendo e muito.

6 comentários:

guimotoco disse...

Pego maior bem com conte-me uma mentira!!!!
Rock sincero pra caralho ;)

Abração pra vcs e pro Z!!!!

André disse...

Maior orgulho de ter gravado esse play ! Pérola de Mogi das Cruzes! Já entrou pra história com certeza! Legal do começo ao fim. Dá pra ouvir umas 4 vezes seguidas fácil fácil !!

Gel disse...

Ae Fabio, meu chapa, ahhh aquela graninha que eu prometi para você escrever essas palavras tá na mão beleza! hahahahahaha
to zuando cara muitissimo obrigado pelas palavras viu mano, são essas paradas que fazem tudo valer a pena e não falo só por mim falo por nossa banda como todas as bandas citadas no seu blog.

uhhuuuuuuuuu

Regis Vernissage disse...

esses malucos do conte-me ouviram muito arnaldo baptista, king crimsom e fugazi, velho... não tinha como sair coisa ruim!

único senão é que ouvi só pela preza de quem já tem, mas como a esperança é a última que morre, ainda terei meu pássaro!

castaneda disse...

Um dos melhores discos de bandas mogianas dos últimos tempos!!!Salve C1M!

Luci Hidaka disse...

Tocamos 2 vezes com eles este ano, \0/. Ouvi as musicas no myspace, gostei muito!! =) Quero ouvir o disco todo!